26 novembro, 2006

Criação de um Cartaz

Doug Downey




Conceitualizar o cartaz

O cartaz “The Greens” é um trabalho que projetamos e produzimos para uma empresa imobiliária local. Ele foi usado para apresentar um novo empreendimento que estava sendo construído ao lado de um clube e de um campo de golfe na cidade. A empresa imobiliária contactou-nos solicitando uma idéia para um cartaz que ajudasse as pessoas a reconhecerem o local quando passassem de carro por ele.

Determinar a cópia

Um dos primeiros aspectos considerados por mim ao projetar um cartaz é a cópia ou o texto que o cliente deseja. É preciso ter cuidado para não ocupar o cartaz com informações de importância mínima. Quando as pessoas passam de carro por um cartaz, elas têm 6 segundos para lê-lo. Portanto, o cartaz precisa ser fácil de ler, conter letras em negrito e ser produzido em cores contrastantes. Para o cartaz “The Greens”, nós nos concentramos em três informações: o nome do empreendimento (“The Greens by the Country Club”), o preço inicial das casas ($169.900) e o nome da corretora (Laura Leyser). Nós sabíamos que, se os possíveis compradores quisessem mais informações, poderiam entrar em contato com a corretora.
Ao montar a cópia, eu a dividi em três seções no cartaz. Para o nome, criei uma sobreposição na forma de um campo de golfe. Para a produção, essa seção foi criada separadamente e montada sobre o cartaz básico. No centro da seção, a cópia indicava o que estava sendo construído e quanto custaria. Na parte inferior, criei um painel vermelho contrastante que informava ao leitor quem era a representante da imobiliária e como ele poderia entrar em contato com ela. Ao trabalhar em um cartaz grande com muitas informações, decomponha o design maior em designs menores para facilitar a leitura.

Criar um esboço

Depois da edição da cópia, você pode criar um esboço a lápis em uma folha de papel para definir a aparência desejada para o cartaz. É possível usar o método tradicional com lápis e papel ou trabalhar no computador.
Quando adquiri o Corel Painter, descobri que posso criar um esboço diretamente no programa, trabalhando com uma caneta e uma mesa digitalizadora. O trabalho extra em papel é desnecessário. Usei o Corel Painter para criar o esboço desse design.
Depois de conhecer a aplicação, a mensagem e a cópia necessárias para o cartaz, e criar um esboço, podemos trabalhar no design final.

Desenhar as formas

A primeira seção a ser projetada era a forma do campo de golfe. Comecei desenhando na página uma elipse do tamanho aproximado de que precisava. Em seguida, converti a elipse em curvas, o que me permitiu criar a forma personalizada de que precisava.
Usando a ferramenta Forma para editar a elipse, criei uma forma que representasse um campo de golfe. Trabalhei sem esquecer que precisaria de espaço na parte inferior da forma para o texto “by the Country Club”.



Formatar o texto

Para o texto “The Greens”, decidi procurar uma fonte com serifa. Escolhi uma fonte com serifa nova e divertida de um fornecedor de fontes para a produção de sinalização. A linha central do “H” e de cada “E” parecia muito fina, por isso converti o texto em curvas e usei a ferramenta Forma para tornar as letras mais grossas. Depois de editar o título, precisei fazer o mesmo com o texto “by the Country Club”. Tive a impressão de que as letras maiúsculas estavam muito pequenas. Portanto, converti o texto, dividi-o e ampliei a altura de cada “C” maiúsculo. Movi, então, o restante do texto por questão de equilíbrio.
Com o texto da seção do campo de golfe concluído, decidi aumentar o contraste para facilitar sua leitura. Para conseguir esse efeito, selecionei o texto, cliquei na ferramenta Contorno interativo e apliquei um contorno que pudesse ser usado para corte. Em seguida, dupliquei o contorno e desloquei-o para a parte inferior direita a fim de criar uma aparência de sombreamento. Selecionei o sombreamento e o contorno e os reuni.
(Nota: Se você estiver planejando cortar o texto em vinil, use a ferramenta Contorno. A ferramenta Caneta comum aplica somente contornos, e os contornos da caneta só são adequados para impressão.)
Usando a mesma fonte para fornecer ao cartaz uma aparência de continuidade, ampliei o preço e apliquei negrito a ele. Depois de colocar o texto no cartaz, dividi o texto artístico e reduzi “900” em relação a “$169”.
Converti esses caracteres em curvas e combinei-os. Em seguida, adicionei as palavras “Starting at” em uma fonte diferente (Frutiger™ 57 CN) e apliquei negrito a esse texto. Acrescentei, então, as palavras “Quality Designed, Beautiful Setting, Quiet Crescent, Several Floorplans”. Com a ferramenta Texto selecionada, mantive a tecla Shift pressionada para selecionar o fundo e pressionei “C” para centralizar o texto no cartaz.

O painel vermelho na parte inferior foi criado para separar as informações sobre a empresa imobiliária da mensagem principal do cartaz. O nome da corretora foi inserido em uma fonte script estilizada para combinar com sua imagem atual. Na frase em fonte script, dividi o texto artístico, alterei-o e reuni-o posteriormente. Em seguida, selecioneio duas vezes e usei as alças de inclinação para colocá-lo em um ângulo específico.
Adicionei o texto da representante de vendas, selecionei a ferramenta Forma e aumentei o espaçamento do texto para fornecer a ele uma aparência de espaçamento duplo.
Abaixo desse texto, acrescentei o número de telefone em uma fonte em negrito. Para tornar o tipo no painel vermelho impactante, selecionei e dupliquei o texto inteiro e, então, colori-o de preto e coloquei-o em uma camada inferior para criar um sombreamento. Na produção, o resultado obtido seriam duas camadas de vinil sobrepostas.

Adicionar os toques finais

Para realçar o painel vermelho e fazê-lo lembrar a forma de um campo de golfe, selecionei os nós dos cantos e usei a ferramenta Bézier para adicionar uma curva à parte superior do painel. Dupliquei rapidamente o painel vermelho e, em seguida, selecioneio duas vezes e inclinei seu lado direito para cima. Colori essa duplicata com um verde mais escuro que o do fundo e coloquei-a atrás do painel vermelho. Selecionando os dois painéis, desloquei o novo painel verde de trás do painel vermelho.



O toque final nesse cartaz foi a flâmula na borda do campo de golfe. Para criar a flâmula, usei a ferramenta Desenho inteligente e desenhei uma rápida forma de flâmula. Dentro da forma, digitei a palavra “NEW”. Em seguida, usei a ferramenta Envelope interativo a fim de editar o tipo de “NEW” para a forma da flâmula.



Aqui, meu truque foi combinar o texto e a forma da flâmula e usar a ferramenta Envelope novamente para dar ao texto e à flâmula a forma final. Depois de criar a forma, dividi-a novamente em texto e flâmula como objetos separados.

Preparar o cartaz para produção

Quando o design foi concluído, precisei prepará-lo para a produção. Reuni todas as cores correspondentes para o corte. Você pode criar uma nova página do tamanho do vinil que está cortando. Insira as cores correspondentes na página para prepará-la para a plotadora.
Em 25 anos de design, vi muitas mudanças na indústria de produção de sinalização, não apenas na forma como o produto é criado, mas também na metodologia de design empregada. Fiquei muito feliz ao aposentar o lápis e o papel como ferramentas de design. O CorelDRAW é o software com o qual comecei a criar designs, e continuo a usá-lo. A cada versão, o CorelDRAW torna-se mais fácil de usar. Ele é uma ferramenta de design rápida, simples e eficiente que produz uma apresentação de alta qualidade para o cliente.

Sobre o autor



Doug Downey, dono do Creativeink Design Group, é designer há mais de 25 anos. Ele começou na indústria de produção de sinalização quando abriu sua própria empresa de design e produção de sinalização. Depois de vender sua empresa, ele mudou-se para a área de Niagara Falls e trabalhou para uma empresa de produção de sinalização, onde projetou toda a impressão digital para um cassino local. Em 2000, Doug voltou a Stratford para abrir uma empresa de design digital e para a Web. Ele cria designs no CorelDRAW desde a primeira versão e venceu o Concurso de Design CorelWORLD™ de 1999. Agora, Doug viaja e dá palestras sobre a impressão em grandes formatos e sobre os fundamentos do design para designers iniciantes. Você pode
acessar o trabalho de design da Creativeink on-line www.creativeink.ca.

5 comentários:

PALAZZI disse...

e ai...cara to voltado...agora é serio....

Roberlan disse...

Esse artigo foi interessante por causa das dicas, porque eu, particularmente, achei esse cartaz um tanto quanto "colorido", pra mim parece um trampo amador ou de alguém "color blind"
Vi o site dos caras e eles tem uns trampos legais, mas esse cartaz aí acho que não é dos melhores... rsrs
abraços

PALAZZI disse...

a tortura foi dificil....mas aguentei....5 meses....

PALAZZI disse...

ah...e voltei com mais um certificado para ficar na parede...rs

Doug disse...

Oq valeu mesmo foi a didática

+ Populares